02 janeiro 2017

Entrevista: professor Antônio Nóvoa

As aulas deixarão de existir?


Trechos da excelente entrevista publicada na Revista Nova Escola com o especialista português, professor Antônio Nóvoa:

[... “Temos escolas em que tudo é normatizado: o ensino, o uso do quadro, as turmas, os espaços, as disciplinas, a progressão dos alunos, os exames, etc. Agora estamos indo para o oposto, de acabar com a padronização e ter pedagogias diferentes” ...]
[... “Ao imaginar uma sala, vemos o célebre triângulo pedagógico: alunos nas carteiras olhando o quadro e um professor transmitindo o conhecimento por meio de uma aula...]  Segundo ele, isso vai mudar radicalmente! [... Os estudantes estarão espalhados em grupos, sendo orientados por um docente, ou sozinhos pesquisando...] A ideia aqui é que prevaleça um tipo de sistema de cooperação, e a sugestão dada pelo professor Antônio Nóvoa é a de “colocar os alunos não em situação de ouvir uma explicação, mas de construí-la.” [...O papel do professor não será mais o daquele que dá aula, mas o que coloca os estudantes para trabalhar. E o conhecimento? Ele não está mais no quadro. A ideia agora é pesquisar...]


Antônio Nóvoa
Professor da Universidade de Lisboa, estudioso da área de formação de professores, tema sobre o qual realiza palestras em diversos países.

foto: Bruno Fernandes  texto: Paula Peres
fonte: aqui

Um comentário:

  1. É muito interessante ler a matéria na íntegra. O professor deixa bem claro que se faz necessário criar condições nas escolas para que elas sejam um lugar de formação continuada.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...